#01 – O que é um Plano de Rigging

Atualizado: Mar 11

O que é um Plano de Rigging?

O Plano de Rigging é um documento elaborado para planejar uma operação de movimentação de carga utilizando  guindaste  móvel,  visando  a otimização  dos  recursos  aplicados  na  operação e determinar todas as fases da operação.


Qual a finalidade do Plano de Rigging?

O Plano de Rigging tem como principal finalidade planejar e simular a operação de movimentação de carga por meio do estudo da carga a ser içada, dos equipamentos e acessórios utilizados, condições do solo e influência do vento na operação, entre outros fatores que podem ser incorporados na operação


Qual a carga mínima para elaborar um  Plano de Rigging?

Algumas empresas adotam um valor de carga mínimo em seus procedimentos para Elaboração dos Planos de Rigging, assim como outros parâmetros como altura de elevação, geometria da carga e local de operação, porém não existem esses parâmetros estabelecidos para elaborar um Plano de Rigging.


Quem pode elaborar um Plano de Rigging?

Os profissionais que podem elaborar os Planos de Rigging são Engenheiros e Técnicos, que apresentam CREA ativo. Para que um Plano de Rigging tenha validade, é necessário que o profissional emita a cada planejamento uma ART (Anotação de Responsabilidade Técnica), conforme determina a Lei nº 6.496/1977. A lei institui a obrigatoriedade da ART na prestação de serviços de Engenharia, Arquitetura e Agronomia com os seguintes termos: “Art. 1º – Todo contrato, escrito ou verbal, para a execução de obras ou prestação de quaisquer serviços profissionais referentes à Engenharia, à Arquitetura e à Agronomia, fica sujeito à Anotação de Responsabilidade Técnica (ART)”.


Quais normas obrigam a elaboração de um Plano de Rigging?

O item 18.14.24.17 da norma regulamentadora NR 18 possui um item específico preconizando a obrigatoriedade da elaboração de plano de carga para movimentações com guindastes de torre (gruas). Essa normatização se resume a um único item relacionado a guindastes de torre.

Porém dentro da NR 12 é destacado o profissional Rigger: – anexo XII: Profissional de movimentação de carga (Rigger) – responsável pelo planejamento e elaboração do plano de movimentação de cargas, capacitado conforme previsto no item (12.138).

Assim, não é uma exigência legal a elaboração do Plano de Rigging, porém se formos mais a fundo nos requisitos de segurança operacional, verificamos em alguns apontamentos realizados por perícias de acidentes de um auto de infração a falta do Plano de Rigging pelo seguinte motivo: item 12.130 da NR 12 – Deixar de elaborar procedimento de trabalho e/ou segurança específico e/ou padronizado e/ou com descrição detalhada de cada tarefa e/ou que obedeça a análise de risco.


Quais informações adicionais para elaboração do Plano de Rigging?

Para um Plano de Rigging deve ser elaborado com total segurança, são necessários dados importantes como o peso correto da carga, a resistência do terreno onde será patolado o guindaste e as características de resistência da peça a ser transportada, verificando se a mesma apresenta resistência suficiente para ser transportada. Esses dados normalmente são apresentados por especialistas em fundação e estruturas.


Quais os riscos de não elaborar um Plano de Rigging?

Diante do planejamento da operação, a não execução do Plano de Rigging pode fazer com que não seja verificado corretamente as energia elétricas próximas ao local da aplicação, o local da aplicação do guindaste no solo, utilização de materiais para fixação da carga (lingas e acessórios) inadequados, dentre outros.


Fonte: Rigging Brasil.


47 visualizações

SIGA NOSSO BLOG!

Dicas & Curiosidades exclusivas

Fale conosco

Teremos o maior prazer em responder a quaisquer dúvidas, críticas, sugestões ou solicitações.  Favor inserir abaixo os dados solicitados e aguarde o contato por parte de nossa equipe.

ENDEREÇO

PHONE

Guarulhos

São Paulo - SP

EMAIL

© 2019 AllLiFT Consultoria de Rigging. Desenvolvido por CRTVTY